Menu
BANNER AMANDA

Vaqueiro é executado a tiros de doze e pistola perto de Janduis

 download

O vaqueiro Leonardo Régis da Silva Santos, conhecido por Bandeirante (foto) de 27 anos, foi morto a tiros por volta das 14h deste domingo,23, entre as cidades de Janduis e Campo Grande, no médio Oeste do Rio Grande do Norte.

As primeiras informações são de que a vítima se dirigia da cidade de Janduis para sua casa no Sítio Monte Alegre, onde fazia serviços na Fazenda Veras, quando teria sido abordado por ocupantes de um veículo branco e terminado executado com tiros de doze e pistola.

digo e provo

Leia mais ...

Homem de Afonso Bezerra sofre acidente fatal na RN 406.

Aconteceu na tarde deste sábado 22 de novembro por volta das 15h um acidente com vitima fatal no retorno da comunidade de Canto Grande no município de Afonso Bezerra/RN.

As informações dão conta que a pessoa de Juarez Dionizio da Silva de 50 anos de idade natural do município de Afonso Bezerra e residente no Alto do Rodrigues estava indo do Assentamento Santa Maria em direção a cidade que estava residindo, quando ao terminar a RN 406, (Retorno de Canto Grande) o mesmo passou direto e bateu em uma casa que fica em frente ao retorno.

Informações de parentes afirma que o mesmo estava bebendo na comunidade de Santa Maria, Juarez estava conduzindo uma motocicleta tipo Tudei de cor vermelha e placa MYU 2854 Mossoró.

O impacto da vitima foi tão grande na parede que sua cabeça estourou deixando a massa cefálica no muro da casa que também caiu com o impacto.

A policia militar de Afonso Bezerra fez o isolamento do local até a chegada do ITEP de Mossoró que por volta das 19h20min recolheu o corpo.

Leia mais ...

Poços de Petróleo em Afonso Bezerra é mais uma vez visita de criminosos.

Os poços de Petróleo de Lagoa de Laje II, que fica no município de Afonso Bezerra mais uma vez foi vitima da ação de criminosos. Com essa já conta 3 vezes que os poços são danificados, onde uma delas o município de Afonso Bezerra deixou de receber mais de 500 mil reais.

Danos irreparáveis já que o município é um entre tantos outros que sobrevive de FPM em oscilação.

De acordo com o prefeito a luta tem sido constante e determinada para que o município de Afonso Bezerra tenha melhores condições de desenvolvimento, e este poço tem uma importância substancial para o futuro do município.

O Prefeito também tem concentrado seus esforços na “Santana Sementes” empresa que fica próximo ao referido poço e seus impostos são recolhidos para o município de Alto do Rodrigues, mesmo estando situada em Afonso Bezerra/RN.

E na manhã deste sábado 22 de novembro o Prefeito Jackson Bezerra, seu chefe de Gabinete Klayton Ferreira, o comandante do Destacamento de Afonso Bezerra (Cabo Santos) estiveram nos três poços que fica localizado no município. O poço LL2 foi religado e os outros 2 estão para entrar em funcionamento.

Medidas já estão sendo tomadas para combater novas ações dos criminosos, aconselhasse que caçadores e comunidade não se dirijam até as localidades dos poços durante a noite para evitar possíveis problemas. Tendo visto que os locais onde são localizados os 3 poços são de difícil acesso e sem iluminação, os que forem encontrados durante a noite nos poços podem ser considerados os criminosos.

Leia mais ...

Quem visita Detentos em penitenciarias é obrigado a abrir com as mãos o ânus e a vagina para funcionário.

Toda semana, milhares de mães, filhas, irmãs e esposas de pessoas presas são obrigadas a se despir completamente, agachar três vezes sobre um espelho, contrair os músculos e abrir com as mãos o ânus e a vagina para que funcionários do Estado possam realizar um dos procedimentos mais humilhantes de que se tem notícia nos presídios brasileiros: a revista vexatória. Bebês de colo, idosas e mulheres com dificuldade de locomoção são todas submetidas indiscriminadamente ao mesmo procedimento, muitas vezes sob insultos e ameaças.
 
A revista vexatória é considerada “mau trato” pela ONU (Organização das Nações Unidas) e, dependendo das circunstâncias, configura tortura. Embora seja expressamente proibida em muitos países e o Estado argentino tenha sido condenado pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA (Organização dos Estados Americanos) em 1996 por esse mesmo motivo, o Brasil continua realizando a revista vexatória.

Para pôr fim a esta brutalidade, a Rede de Justiça Criminal lançou uma campanha nacional pela aprovação do Projeto de Lei do Senado 480/2013. Depois de ouvir dramatizações que reproduzem o ambiente destas revistas e ver vídeos gravados por personalidades em apoio ao PL, é possível encaminhar uma mensagem padrão ao presidente do Congresso, Renan Calheiros, pedindo que o projeto seja enviado urgentemente para votação.

Para participar da campanha, acesse www.fimdarevistavexatoria.org.br.

Oficialmente, as revistas vexatórias são feitas para impedir a entrada de drogas, armas e chips de celular nas prisões. Mas uma pesquisa realizada pela Rede de Justiça Criminal descobriu que esta justificativa não se sustenta. Com base em documentos oficiais fornecidos pela própria Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo, constatou-se que apenas 0,03% dos visitantes carregavam itens considerados proibidos, ou seja, 3 visitantes de cada 10 mil. Em nenhum dos casos registrou-se a tentativa de entrar com armas. A pesquisa levou em conta dados coletados pelo Governo nos meses de fevereiro, março e abril dos anos 2010, 2011, 2012 e 2013. Enquanto isso, a apreensão de objetos ilegais dentro das celas foi quatro vezes superior à quantidade apreendida com parentes, o que prova que os objetos entram por outros meios, que não os familiares.

Em maio de 2013, a Vara de Execução Penal de Joinville proibiu a revista vexatória em dois presídios do Estado de Santa Catarina. Os dados oficiais demonstram, que durante cinco meses, não houve aumento nas apreensões que possam ser relacionadas com o fim desta prática humilhante. O juiz João Marcos Buch, responsável pela medida, diz que, muito menos motins e rebeliões. Ao contrário disso, segundo ele, o sistema “passou a funcionar com mais tranquilidade. Inclusive os agentes perceberam que a dinâmica de segurança não mudou e que seu trabalho foi otimizado”. Apesar disso, o Tribunal de Justiça, a pedido do Ministério Público Estadual suspendeu a medida.

Testemunhos

“Tiramos toda a roupa e começa a sessão de tortura: ‘abaixa, faz força, tá fechado, faz força, tosse, abaixa de novo, põe a mão e abre, não estou vendo’ (...) encosta na parede, deita, abre mais a perna e faz força como se fosse ter um bebê. (...) Nada é suficiente para as funcionárias. Então, chamam outras para me revistar e começa tudo de novo: ‘Vai, põe a mão e tira a droga, tira porque eu sei que tem. A minha resposta é: ‘estou cansada desde ontem aqui na porta da cadeia, só quero ver meus familiares, não estou com droga dentro de mim’”, diz um dos muitos relatos de familiares colhidos pela Rede de Justiça Criminal.
 
“Após eu ter feito o procedimento, a funcionaria pegou minha ficha, pediu para que eu me vestisse e me levou no banheiro do CDP, encostei-me à parede e fiz força por 20 minutos. Abri, passei papel higiênico, tossi. Aos prantos eu pedi pelo amor de Deus e as informei que eu não estava com absolutamente nada. Mesmo assim o questionário não acabou”, diz outra parente.

O que é a revista vexatória

Despir mulheres e obrigá-las a agachar três vezes sobre um espelho, contrair os músculos e abrir com as mãos o ânus e a vagina para que funcionários do Estado possam vasculhar orifícios genitais de mães, irmãs, esposas e filhas de presos, de todas as idades, incluindo bebês de colo, que visitam familiares no sistema prisional. O mesmo acontece, em número menor, com homens.

Por que deve ser proibido

É considerado “mau trato” pela ONU e, dependendo das circunstâncias, configura tortura. É proibida expressamente em muitos países e o Estado argentino já foi condenado pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA (Organização dos Estados Americanos) em 1996 por esse mesmo motivo.

A prova

Documentos oficiais da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo obtidos via Lei de Acesso à Informação mostram que apenas 0,03% dos visitantes carregavam itens considerados proibidos, ou seja, 3 visitantes de cada 10 mil. Em nenhum dos casos registrou-se a tentativa de entrar com armas. A pesquisa levou em conta dados coletados pelo Governo nos meses de fevereiro, março e abril dos anos 2010, 2011, 2012 e 2013. Enquanto isso, a apreensão de objetos ilegais dentro das celas foi quatro vezes superior à quantidade apreendida com parentes, o que prova que os objetos entram por outros meios, que não os familiares.

O que fazer

Sensibilizar a opinião pública e pressionar o Congresso para que seja aprovado o PLS 480/2013.

deixe sua opinião logo abaixo!!!!

Leia mais ...

CENTRAL DO CIDADÃO DE ASSU É ALVO DE ARROMBAMENTO NA MADRUGADA DE HOJE(21)

Funcionários ao chegarem para trabalhar na Central do Cidadão que fica no bairro Cohab em Assu, perceberam que o local foi alvo de arrombamento, pois o vidro lateral estava quebrado.
No interior da central apenas o banco e xerox foram violados, marcas de sangue estava pelo chão, acredita-se que após o quebra-quebra no vidros o elemento tenha-se cortado, deixando assim o seu DNA.
O local foi fechado e não haverá expediente hoje(21) e nem amanhã dia 22, segundo informou o chefe Itamar.
A grande coincidência é que a governadora retirou a Guarda Patrimonial do Estado ontem e hoje aconteceu este arrombamento.
Do banco levaram alguns trocados, mas os elementos ainda tentaram abrir o cofre danificando as travas.
Agora a equipe da pericia fará seu trabalho.
Leia mais ...

POLÍCIA CIVIL DE ASSÚ DESARTICULA ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA EM ITAJÁ E SÃO RAFAEL

Uma operação realizada pela equipe da Polícia Civil de Assú, desarticulou um grupo de criminosos que atuava no comércio ilegal de peças para veículos, nas cidades de Itajá e São Rafael.
A ação, que aconteceu na última quarta-feira (19), conseguiu prender três homens e apreender um adolescente que vinham furtando motocicletas, desmanchando veículos, suprimindo e alterando sinais de identificação, além de vender peças e motos adulteradas.
A equipe policial, comandada pelo Delegado Carlos Brandão, prendeu Francisco Franciélio da Cunha, vulgo “Galego”, Emerson Ronan de Macedo Santos e Marcos Antônio Freire. No momento da prisão, os acusados foram encontrados com diversas peças de motocicletas roubadas, muitas destas enterradas e com adulteração do chassi.
Leia mais ...

BANDIDOS MATAM JOVEM QUE LAVAVA MOTO NA FRENTE DE CASA EM PARNAMIRIM

Um jovem de 25 anos foi assassinado na noite desta quinta-feira (20), em Parnamirim. O crime aconteceu na rua Fortaleza, em Rosa dos Ventos. Denis de Souza Pereira estava na frente de casa lavando uma moto, quando dois homens se aproximaram em uma motocicleta preta e começaram a atirar.
A vítima ainda tentou correr para escapar da morte, mas acabou caindo baleado dentro da residência e não resistiu aos ferimentos. Em seguida, os bandidos fugiram do local sem serem identificados.
 
O subtenente Figueiredo, oficial do 3º Batalhão da Polícia Militar, disse que a polícia não conseguiu nenhuma informação sobre o que possa ter motivado o homicídio. No local, não foi encontrada nenhuma capsula, o que indica que a vítima foi morta com tiros de revólver. O corpo de Denis foi levado para o ITEP.
Leia mais ...

CARRO COM PLACAS DE GUAMARE CAPOTA ENTRE PEDRO AVELINO E AFONSO BEZERRA

Um veiculo tipo corsa sedam com placas HJP 1602, que era conduzido pelo motorista identificado por Helderdon Carlos, que estava sozinha, e segundo informações da policia foi atendido no Hospital de Afonso Bezerra, e passa bem, capotou nas proximidades da Fazenda de Dr José Martins , entre Afonso Bezerra e Pedro Avelino, pelo que se pode constatar o motorista não conseguiu fazer a curva perdendo o controle do veiculo, vindo a capotar.

Leia mais ...

167ª Morte violenta em Mossoró: Ex presidiário foi morto no bairro Barrocas

O Ex-presidiário Carlos Alberto da Silva de 44 anos de idade, foi morto na noite de domingo 16 de Novembro de 2014 no bairro Barrocas em Mossoró no Rio Grande do Norte. 

Carlos Alberto residia na Rua Herculano Couto e segundo informações, caminhava a pé pela Rua Noêmia Chaves, na mesma região onde morava e percebeu que estava sendo seguido por dois indivíduos de motocicleta. Ele entrou em uma residência na Rua Epitácio Pessoa, tentando se proteger dos matadores. 

A Policia foi informada que um dos elementos, que estava de capacete, entrou na casa e recebeu a ordem do condutor da motocicleta que estava parado em frente a residência para terminar logo o serviço. Carlos foi alvejado três vezes, no pescoço e nas costas e morreu na sala, onde a dana da casa e o filho dela assistiam televisão, com a porta aberta para a rua. 

Segundo os militares que atenderam a ocorrência, a vitima era ex-presidiário do sistema penal de Mossoró, condenado por trafico de droga. Segundo informações de um familiar, Carlos Alberto cumpriu toda a pena e não devia mais nada a Justiça. 

Policiais da Viatura de Radio Patrulha da área comandaram o isolamento, para os procedimentos realizados no local pelos agentes da Delegacia de Plantão e pela equipe do Instituto Técnico e Cientifico de Policia, Itep, para o corpo foi removido e será necropsiado.

 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Deixe Seu Comentário

Share on Myspace