Menu

CPI marca acareação entre ex-diretores da Petrobras para 02 de dezembro

petrobras

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) mista da Petrobras marcou para o dia 2 de dezembro a acareação entre os ex-diretores da Petrobras Nestor Cerveró, da Área Internacional, e Paulo Roberto Costa, de Abastecimento, preso pela Polícia Federal na Operação Lava-Jato.

A solicitação foi feita pelo deputado Enio Bacci (PDT-RS) e aprovada na reunião da CPI da última terça-feira. “O Paulo Roberto afirmou que o Cerveró recebeu propina sim, e o Cerveró negou em 10 de setembro. Vamos colocar os dois frente a frente”, justificou.

O líder do governo no Congresso, senador José Pimentel (PT-CE), votou contra a acareação e lembrou que Costa já esteve na comissão e decidiu não falar nada. A reunião para ouvir os dois ex-diretores da estatal será realizada às 14h30, no plenário 2 da ala Nilo Coelho, no Senado.

blog do xerife

Leia mais ...

PREFEITO GILMA RODRIGUES REALIZA COMPRA DE PNEUS PRA TRANSPORTE ESCOLAR

Preocupado com o bem estar e a educação dos jovens de Pedro Avelino, o Prefeito Interino Gilmar Rodrigues na data de ontem  20/11/2014 fez a entrega de de 10 pneus para os ônibus que transportam os alunos da zona rural até a sede do município aonde eles assistem aula. Isto mostra que o Prefeito Interino tem responsabilidade e compromisso com a classe estudantil em especial
  P 
 
  
 
 
Leia mais ...

PSDB entra com representações contra presidenta da Petrobras

 graça foster

O líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antônio Imbassahy (BA), apresentou, há pouco, duas representações contra a presidenta da Petrobras, Graça Foster. Em uma delas, dirigida ao Ministério Público junto ao Tribunal da Contas da União (TCU), Imbassahy solicita o afastamento imediato de Graça Foster, alegando que ela mentiu quando prestou depoimento na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras. “Ela perdeu a autoridade moral e mentiu durante depoimento nesta CPMI.”

Na outra representação, protocolada na Procuradoria da República do Distrito Federal, o deputado baiano pede que seja analisada a possibilidade de instauração de inquérito criminal para investigar a prática dos crimes de falso testemunho e prevaricação por Graça Foster. Segundo Imbassahy, os crimes seriam por Graça ter mentido à CPMI e não ter dado o encaminhamento exigido às denúncias, que depois confirmou ter recebido.

De acordo com Imbassahy, a presidenta da Petrobras caiu em contradição recentemente, desmentindo seu próprio depoimento ao admitir, em entrevista nesta semana, que teve conhecimento da denúncia de que a SBM Offshore subornou servidores e ex-empregados da estatal e que, por isso, a empresa holandesa estava proibida de firmar novos contratos. O parlamentar tucano disse que a declaração de Graça Foster vai de encontro à resposta que ela deu na CPMI da Petrobras, em junho.

blog do xeife

Leia mais ...

Câmara Criminal do TJRN determina condenação para 17 réus da Operação Impacto

Operação Impacto: TJ manteve condenação a vereadores e ex-vereadores de Natal

 

20130901030355_cv_martelo_gdeDurante julgamento nesta quinta-feira (20), o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) manteve a condenação aos vereadores e ex-vereadores que haviam sido condenados em primeira instância na ação da Operação Impacto.

A denúncia do Ministério Público sobre a Operação Impacto demonstrou que no curso da elaboração do novo Plano Diretor do Município de Natal, em 2007, os denunciados aceitaram vantagem indevida, para que, no exercício dos mandatos de vereador do município de Natal, votassem conforme os interesses de um grupo de empresários do ramo imobiliário e da construção civil.

Foram condenados Adão Eridan, Aluísio Machado, Edivan Martins, Renato Dantas, Salatiel de Sousa, Enilson Medeiros, Edson Siqueira, Geraldo Neto, Carlos Santos, Adenúbio Melo, Aquino Neto, Júlio Protásio e Dickson Nasser.

 

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) manteve as condenações impostas na primeira instância pelo juiz da 4ª Vara Criminal de Natal, Raimundo Carlyle, aos 16 réus condenados na sentença judicial do processo da Operação Impacto. A denúncia de autoria do Ministério Público Estadual apontou a existência de um esquema de compra de votos envolvendo parlamentares da Câmara Municipal de Natal e empresários do ramo imobiliário e da construção civil durante a votação do Plano Diretor de Natal em 2007. Os membros da Câmara Criminal também reformaram a sentença no tocante à absolvição do ex-vereador Edivan Martins, agora condenado pelo crime de corrupção passiva. Ao final do julgamento, os desembargadores realizaram a dosimetria das penas, estabelecendo as punições definitivas de cada um dos réus.

Durante o julgamento da Apelação Criminal, os desembargadores Glauber Rêgo, Gilson Barbosa e Ibanez Monteiro reconheceram que os denunciados aceitaram vantagem indevida para que votassem pela derrubada dos vetos do prefeito de Natal ao Plano Diretor, conforme interesses de um grupo de empresários do ramo imobiliário e da construção civil. O relator do processo, desembargador Glauber Rêgo, afirmou que restaram identificadas as culpabilidades dos envolvidos, seja por meio de interceptações telefônicas, provas materiais ou depoimentos de terceiros. O magistrado citou trechos de escutas telefônicas entre vereadores e assessores que comprovavam a existência do esquema. E observou que informação prestada por um dos delatores, o ex-vereador Sid Fonseca (absolvido no processo), dava conta de que o valor pago a cada parlamentar em troca da derrubada dos três vetos do prefeito era de R$ 30 mil.

Detalhes importantes do processo foram mencionados pelo desembargador Glauber Rêgo, relator do recurso. Entre eles, o de que a propina seria fatiada entre os parlamentares na residência da mãe de um dos assessores – Francisco de Assis Jorge, funcionário do então vereador Geraldo Neto. Assis Jorge foi incumbido de receber a propina, por meio de dois cheques, sacá-los, e em seguida repassá-los aos vereadores. Ao apresentarem as respectivas defesas, os ex e atuais vereadores, assessores e empresários alegaram falta de provas e, no caso de Ricardo Abreu, a justificativa de que o recurso alvo de investigação não detinha fins ilícitos. Os desembargadores não reconheceram as argumentações e mantiveram as condenações.

Foram condenados por corrupção passiva os então vereadores Emilson Medeiros, Dickson Nasser, Aluísio Machado, Sargento Siqueira, Geraldo Neto, Renato Dantas, Carlos Santos, Salatiel de Souza, Júlio Protásio, Adenúbio Melo, Aquino Neto, Adão Eridan e Edivan Martins. Os desembargadores também mantiveram a condenação por corrupção ativa do empresário Ricardo Abreu, bem como a condenação dos ex-funcionários da Câmara Municipal, Hermes da Fonseca, Klaus Charlie e Francisco de Assis Jorge, então assessores, respectivamente, dos ex-vereadores Dickson Nasser, Emilson Medeiros e Geraldo Neto.

Leia mais ...

DEPUTADO JOSÉ ADÉCIO FAZ VISITA DE CORTESIA AO PREFEITO INTERINO GILMAR RODRIGUES

Na manhã de hoje o Deputado Estadual José Adécio, esteve em sua terra natal, Pedro Avelino, na oportunidade ele fez um pronunciamento na rádio 101, FM , que durou  uma hora e vinte minutos, e usou todo esse tempo para agradecer aos seus conterrâneos a expressiva votação obtida na cidade, e relatou um pouco de sua vida pública, mostrando o que já fez em prol do povo de sua cidade e de sua região. Depois disso ele foi até a Prefeitura Municipal de Pedro Avelino, onde em companhia da ex prefeita Neide Suely, foram recepcionados pelo prefeito interino, Gilmar Rodrigues de França, de quem é amigo pessoal, na oportunidade, o Deputado se prontificou a ajudar o Prefeito e o Município no que for possível, sempre na busca de melhorias para a cidade de Pedro Avelino. O Prefeito Gilmar, agradeceu a visita e disse que quer sim contar com a força e com a experiencia de José Adécio , para que o povo de Pedro Avelino, viva dias melhores 

Leia mais ...

CARRO COM PLACAS DE GUAMARE CAPOTA ENTRE PEDRO AVELINO E AFONSO BEZERRA

Um veiculo tipo corsa sedam com placas HJP 1602, que era conduzido pelo motorista identificado por Helderdon Carlos, que estava sozinha, e segundo informações da policia foi atendido no Hospital de Afonso Bezerra, e passa bem, capotou nas proximidades da Fazenda de Dr José Martins , entre Afonso Bezerra e Pedro Avelino, pelo que se pode constatar o motorista não conseguiu fazer a curva perdendo o controle do veiculo, vindo a capotar.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Deixe Seu Comentário

Share on Myspace