TCU determinou abertura de investigação para averiguar se 32 pessoas

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou abertura de investigação para averiguar se 32 pessoas – que trabalharam ou ainda ocupam c...

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou abertura de investigação para averiguar se 32 pessoas – que trabalharam ou ainda ocupam cargos na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) – recebem benefícios do Programa Bolsa Família de forma irregular. A representação feita pela Coordenadoria do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do Patrimônio Público (Caop-PP) apontou que os benefícios foram concedidos para pessoas e/ou famílias que não se enquadram no perfil determinado pelas regras do programa, com renda mensal per capita de até R$ 154 e que possuam pelo menos um familiar com até 17 anos de idade.


Tribuna do Norte

VEJA TAMBÉM

brasil 6124788520091485537

Postar um comentário

+ Vistas

Twitter

item